• Marcia Morais

O papel da moda enquanto movimento social

O conceito de moda e a ideia de “estar na moda” foram, durante muito tempo, unicamente sinônimo de glamour, padrões estéticos e privilégios. Porém, atualmente, os debates sobre o papel da moda na sociedade moderna trouxeram para esse universo um novo olhar, um novo posicionamento.

Entender essa mudança e as razões que levaram a ela é muito importante. Não só para que as pessoas possam se respeitar e se amar mais, mas para que saibam como contribuir e fortalecer esse movimento.

Vamos debater essa questão?

O papel da moda na sociedade

Os ideais de beleza estão enraizados na sociedade, presentes em vários lugares. Ela é tratada como um produto a ser vendido, refletida nos produtos midiáticos como algo que é perfeito e que não permite variações.

A indústria impõe que os cosméticos precisam esconder aquilo que foge a essa perfeição, assim como os procedimentos cirúrgicos são uma espécie de solução definitiva para esse “problema”.

Nesse contexto, o que se vê é que essa linha de pensamento promove uma redução cada vez maior das individualidades. Todos buscam viver segundo um padrão, apostando em todas as mudanças necessárias para alcançá-lo.

A moda, por outro lado, tem mudado bastante essa concepção. Por muito tempo, ela também esteve atrelada a essa busca incessante pelo que a sociedade tenta impor, criando regras e determinando o que os diferentes tipos de corpos poderiam usar. Mais do que isso, reforçando que aquilo que fugia desses “limites” não poderia ser considerado belo.

Contudo, a moda é um movimento social e que está constantemente buscando pelo novo, se reinventando. Ela é capaz de captar as necessidades do presente, refletindo as transformações do mundo.

Com os canais digitais se popularizando, o acesso ao debate foi democratizado e as diferentes ideias culminaram nos manifestos de identidade que vemos hoje.

O plus size, principalmente, veio para quebrar com essas regras que limitam os corpos, reafirmando que a moda tem mais relação com se sentir bem e valorizar sua individualidade, ao contrário de se aprisionar em ideais que foram criados por terceiros.

A construção de um movimento

O ato de escolher como se vestir passou a ser um movimento de reafirmação. A escolha por aquilo que faz você se sentir bem e que te representa, é o verdadeiro “se vestir com propósito”.

O papel da moda, em outras palavras, está mais do que nunca atrelado ao destaque das personalidades, gostos, origens e valores. Principalmente, ele traz à tona os ideais de representatividade e de união, que celebram a igualdade entre gêneros e o respeito mútuo.

Através desse novo olhar, as mulheres podem enxergar com mais clareza sua importância e suas competências, fortalecendo o empoderamento feminino sem se prender a tendências.

Ainda que as conquistas já tenham atingido diferentes esferas, é preciso continuar incentivando esse movimento para que ele chegue ainda mais longe. Seja dando visibilidade e participando das discussões, seja apoiando outras mulheres ou respeitando suas vontades.

Você acredita na importância do papel da moda na sociedade e quer se juntar a outras mulheres que, como você, também valorizam suas próprias escolhas? Venha ser parte da nossa comunidade!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não é preciso acompanhar tendências de moda para já ter ouvido falar no estilo alfaiataria. Se você já procurou uma peça mais estilosa para compor seu visual, os termos “tecido de alfaiataria” ou “mod