• Marcia Morais

Como usar a moda para expressar quem você é?

Antes de começar a ler o conteúdo, quero te convidar a fazer uma reflexão: o que você veste atualmente representa a mulher que você é? seus valores, seus gostos, sua personalidade? Ou você só está seguindo tendências? 



Miuccia Prada, a designer e criadora da icônica marca mundialmente conhecida que leva seu sobrenome (a Prada!), disse uma vez: “O que você veste é como se apresenta ao mundo, especialmente hoje, quando os contatos humanos são tão rápidos. Moda é linguagem instantânea.”. E eu não poderia estar mais de acordo!

Se você fizer o exercício de prestar atenção à sua volta, verá que, mais que somente uma vestimenta, a roupa é a apresentação da personalidade e da realidade de cada um para o mundo.

Por exemplo: se você vê uma pessoa toda de branco, com uma roupa mais séria, logo imagina que ela seja da área de saúde. Da mesma forma que ao ver alguém de top, legging e tênis, acredita que este esteja fazendo exercício físico, certo?

E por mais que a gente tente fugir de estereótipos, essa primeira impressão sempre é o que vem primeiro à nossa mente.

Mas aí surge a grande dúvida: como saber se eu estou me expressando da forma que eu gostaria?

PREPAREI 4 DICAS RÁPIDAS PARA TE AJUDAR

1. Não tente “fugir” do seu gosto e estilo pessoal. Vamos supor que você é super básica e prefere usar jeans e camiseta no dia-a-dia, ou seja, é uma pessoa básica. Nesse caso, não faz sentido você usar vestidos super justos ou peças mega diferentes e coloridas sempre né?! Mantenha se fiel ao que você gosta sem querer agradar aos outros ou ter receio de ser julgada, e esse já é um bom caminho.

2. Busque referências. Use a internet ao seu favor e aproveite para encontrar pessoas e peças que passam a mesma imagem que você gostaria de passar, e entenda quais são os elementos e peças-chaves nesse caso, sem se ater ao corpo especificamente ou a alguma característica, mas olhando o todo. Um lugar incrível pra isso é o Pinterest! Inclusive, você pode seguir o perfil da Marcia Morais por lá, pra ter várias inspirações.


3. Faça uma lista com o que você quer transmitir e avalie seu guarda-roupa. Já diz o ditado: “Se você não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve.”. Nesse caso: se você não sabe o que quer expressar, qualquer coisa vale. Então, faça uma auto avaliação e entenda quem você realmente é e o que gostaria de repassar para os outros. Pra facilitar, você pode fotografar suas roupas ou até mesmo as produções completas e ver se combinam com o que você quer passar.

4. Peça ajuda as amigas! Essa é a dica de ouro: sabe quando você tem um evento e manda foto do look pras suas melhores amigas e te ajudaram a escolher qual o melhor? A ideia é a mesma! Converse com as suas amigas e pergunte o que elas sentem ou pensam quando veem suas atuais produções e quais suas características e personalidades são mais fortes e marcantes! Isso te ajudará a ter um direcionamento sobre o que você precisa ou não mudar de acordo com a imagem que gostaria de apresentar e com quem você é internamente.

Gostaram das dicas? Agora é só colocar em prática e usá-las para se encontrar no seu estilo e nas suas peças cada dia mais!

E me conta nos comentários o que você achou do conteúdo e fique de olho que tem mais desse tema por aqui <3

#looks #dicasmoda #íconesmodafeminina #comocombinarroupas #moda #modafeminina #íconesdamoda #dicasparamulheres #dicamodafeminina

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não é preciso acompanhar tendências de moda para já ter ouvido falar no estilo alfaiataria. Se você já procurou uma peça mais estilosa para compor seu visual, os termos “tecido de alfaiataria” ou “mod

Depois das festas de final de ano, é o momento de repensar as metas e organizar a casa. Esse processo inclui a organização do guarda-roupa, tarefa que é quase um ritual para muita gente. Afinal, é sup